Projeto recebe MOÇÃO em 2006

Projeto recebe MOÇÃO em 2006

1o Brasileiro de Judo de Surdos



CAMPEONATO DE JUDÔ PARA SURDOS É UM SUCESSO NO RIO
23 de setembro de 2008
O 1º Campeonato Brasileiro de Judô de Surdos foi sucesso absoluto. Mesmo com a ausência de 13 atletas, sendo 12 do Rio e 01 do Rio Grande do Norte, que teve problemas na hora do embarque, não tirou o brilho do evento. A comunidade surda, que contou com vários representantes de associações, atletas de outros desportos e simples expectadores ficaram orgulhosos com a organização, com a presença de atletas de outros estados e os apoios que o professor Eduardo Duarte conseguiu, proporcionando um grande espetáculo. O que se ouvia, através dos intérpretes presentes, comentário geral entre os surdos, que pela primeira vez tiveram um evento nacional bem organizado e com tantos apoios. A presidente da Federação Desportiva de Surdos do Estado do Rio de Janeiro (FDSERJ) não se continha de tanta emoção.
O evento contou com 54 atletas de 06 estados (RS, SP, RJ, MG, DF e GO). Os atletas de outros estados ficaram alojados, no Centro de Treinamento do Projeto Valorizando as Diferenças, no 2º BPM - Botafogo. A abertura do evento com a execução do Hino Nacional levou muita emoção ao público presente. Enquanto o hino era executado o intérprete da FENEIS através da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) emocionava a todos com sua belíssima interpretação. Ao final, muitos aplausos.
O 1º Campeonato Brasileiro de Judô de Surdos teve combates de bom nível técnico. Destaque para as finais do Ligeiro com Adalberto Trigueiro(RJ) x Julio Cesar(SP), do Leve com Allan Mendes(RJ) x Paulo Roberto(DF) e para o Meio Médio com Alexandre Soares(RJ) x Alessandro Senna(GO), sagrando-se campeão Adalberto Trigueiro, Allan Mendes e Alessandro Senna respectivamente.
O professor Eduardo Duarte, ressaltou a importância do 1º Brasileiro de Surdos. Este evento era para ser um Interestadual, mas devido a adesão de outros estados foi obrigado a mudar e realizar o 1º Brasileiro. O 1º Brasileiro entra para a história da comunidade surda e do judô nacional. Todos que participaram serão lembrados nos livros de história desportiva dos surdos ou especializados em judô. Agora é conseguir junto aos Governos Estadual e Federal o patrocínio para que o Judô Brasileiro possa participar pela primeira vez de uma Olimpíada dos Surdos, o 21º Deaflympics, na China, em 2009.
A premiação foi outro show! As medalhas e troféus de muito bom gosto. Além da tradicional premiação, os campeões de cada classe receberam camisas ou boné. O destaque na arbitragem do Brasileiro ficou por conta Júlio Cesar Romeu foi dada uma mochila, os infantis receberam bonés, os adultos receberam camisas e as equipes até o 4º Lugar também foram agraciadas com 01 camisa cada. Todo esse material dado pelo patrocinador NO GI Figth Wear.
A fábrica de Kimonos Podium enviou dois kimonos para serem sorteados entre os atletas. A Clínica Ortofisi, do Dr. Alexandre Campello, deu todo o suporte ao evento com sua equipe médica. A LIJUERJ junto com a FDSERJ na organização e suporte técnico e estrutural.
“Fiquei muito feliz em poder participar com os meus alunos do Campeonato Brasileiro de surdos no RJ. Parabéns aos professores que apoiaram o evento. A Federação Gaúcha de Judô se coloca a disposição para as próximas edições como participante ou como anfitriã. A FGJ dispõe de uma estrutura excelente para este tipo de evento e de um corpo docente e administrativo bem qualificado para atender os professores e seus alunos com bastante conforto. Parabéns professor Eduardo pela sua iniciativa”, disse Marcelo Xavier(Diretor de Judô Social FGJ).
Outro que mostrava-se emocionado era Jorge Luiz Martins - Intérprete de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) veja o seu comentário: “Me senti honrado pela oportunidade de prestigiar e cobrir o campeonato
como Intérprete. Fiquei emocionado com o que presenciei ali. A alegria dos surdos era notória. Estava estampada no rosto de cada competidor, muito bem preparados por você. A oportunidade que o projeto valorizando as diferenças vêm dando à Comunidade Surda é emocionante aos meus olhos, que trabalho com eles durante o dia-a-dia, e percebo muitos deles sem expectativa alguma. Parabenizo mais uma vez pelo seu esforço em reunir competidores surdos de diversos Estados, levando-se em conta a dificuldade de comunicação na relação ouvinte-surdo, quebrando toda e qualquer barreira existente. Enfim, não tenho palavras para expressar a alegria obtida naquele ambiente. Foi um “Show” de emoções, atitudes e principalmente Solidariedade. Não havia competição e sim um clima de união e felicidade dos participantes do I Campeonato Nacional de Judô para Surdos. Continue com essa garra, força e coragem que só um projeto de respeito teria como demonstrar.”
O professor Eduardo Duarte aproveitou a oportunidade para homenagear pessoas e parceiros que foram de suma importância nesses 04 anos do Projeto Valorizando as Diferenças. Foram homenageados no evento: Carlão Barreto, Frederico Flexa, Evandro Oliveira, LIJUERJ, FDSERJ, Ortofisi, NO GI, FENEIS e Judoinforme.
O resultado final por equipes ficou:Campeão Projeto Valorizando as Diferenças - RJ
Vice-Campeão Instituto Emanuel - Petrópolis
3º Lugar Associação de Assistência a Criança Surda - RJ
4º Lugar APAE – Friburgo
O Evento foi realizado pela LIJUERJ e FDSERJ e contou com os apoios da NO GI, UNISUAM, ORTOFISI, KIMONOS PODIUM, 2º BPM, FENEIS e Praise Metalarte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário